Ações da Semana Inclusiva Grande Florianópolis 2018

Evento para garantir emprego e outros direitos às pessoas com deficiência chega na sua terceira edição com inscrições abertas para seminário, oficinas e outras atividades gratuitas

Florianópolis - A Semana Inclusiva Grande Florianópolis que acontecerá entre os dias 17 e 23 de setembro com uma intensa programação, em diferentes locais da capital, já está promovendo as ações necessárias para o sucesso do evento. Ela nasceu de uma parceria do Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC) e do Ministério do Trabalho por meio da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Santa Catarina (SRTE/SC) com mais de 30 instituições governamentais e não governamentais, públicas e privadas, que se uniram para promover um novo olhar para as pessoas com deficiência da Grande Florianópolis, quebrando barreiras, mudando conceitos e vencendo o preconceito. Tudo começou com o “Dia D” idealizado em 2015 para promover e garantir a inclusão de Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho por empresas da região que se enquadravam no art. 93 da Lei 8.213/91, conhecida como Lei de Cotas.

Em 2016 já não era mais somente o "Dia D – Feirão de Empregos para PCDs". A Semana Inclusiva saiu do papel (inspirada no evento Virada Inclusiva do Estado de São Paulo) com várias atividades acessíveis à população em geral. A segunda edição em 2017 veio com mais força e chegamos à terceira edição, em 2018, com um evento consolidado, reconhecido por toda a sociedade e cada vez mais voltado para o caminho da igualdade em todas as formas.

Imprimir

Criada em Santa Catarina a Associação de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Promoção da Aprendizagem (ACPETI)

Florianópolis - Foi constituída na última sexta-feira (10/08), em Florianópolis, a Associação Catarinense de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Promoção da Aprendizagem (ACPETI). A associação civil, com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, tem como finalidade apoiar técnica e financeiramente o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil de Santa Catarina (FETI/SC) e o Fórum Catarinense de Promoção da Aprendizagem (FOCAP).

Imprimir

Semana Nacional da Aprendizagem chega à terceira edição para auxiliar no combate ao trabalho infantil

Florianópolis - O Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e do Tribunal Superior do Trabalho (TST), em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério do Trabalho (MT), promovem, de 13 a 17 de agosto, a 3ª Semana Nacional da Aprendizagem. O objetivo é colaborar para o aumento do número de aprendizes e combater o índice de trabalho infantil neste setor.

Imprimir

MPT ajuíza ação civil pública buscando a contratação de aprendizes pela FUNOESC

Chapecó - O Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC) ajuizou ação civil pública (ACP) em face da Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (FUNOESC), para que a Fundação e as instituições por ela mantidas contratem aprendizes em cumprimento à cota estabelecida pela legislação. A ação também pede a condenação da ré ao pagamento de indenização por danos morais coletivos em razão da ausência de aprendizes.

Imprimir

APAE de Orleans será reformada com verba de TAC

Destinação do MPT de Santa Catarina à entidade assistencial

Criciúma - A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE de Orleans, recebeu R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) para fazer uma reforma na entidade. A verba é proveniente da obrigação de pagar indenização por dano moral coletivo constante do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado perante o Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC), depositada em parcela única pela empresa GDM Indústria e Comércio de Plásticos LTDA, nos autos do procedimento IC 000179.2014.12.002/9, em trâmite na Procuradoria do Trabalho no Município de Criciúma/SC.

Imprimir